Fazenda Atalaia

Gastronomia, História, Arquitetura, Educação Patrimonial e Cultura em uma fazenda centenária localizada em Amparo – SP.

Este projeto de estudo do meio é desenvolvido em uma propriedade que já viveu da cafeicultura e a atividade principal hoje é a produção de deliciosos queijos, elaborados com leite de vaca da raça holandesa, inclusive com um deles sendo premiado em 2016 no World Cheese Awards.

Cronograma da visita: Café da Fazenda – Visita Histórica Guiada – Vivência com Animais – Processo de Fabricação de Queijos – Processo de Fabricação de Pães (fermentação natural) – Almoço – Oficina de Ecotécnica Construtiva – Café da Tarde.

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES:

Visita Histórica Guiada

Caminhada de aproximadamente 50 minutos. A visita histórica tem como principal finalidade contextualizar a fazenda (propriedade centenária) dentro do eixo de conexão e expansão da cultura do café após a década de 1850.

Conexão temática entre diversos eixos relacionados à história do Brasil entre os quais: Expansão da cultura do café; chegada da Ferrovia; compreensão do processo de exploração da mão de obra escrava e a respectiva ruptura com a mão de obra imigrante; compreensão da valorização do café no mercado internacional articulado pela política imperial durante o governo de Dom Pedro II; compreensão da cultura construtiva e arquitetônica presente na fazenda; difusão de ideias preservacionistas e de educação patrimonial, através do restauro da fazenda; importância da ressignificação econômica de propriedades históricas, por meio da exploração do gado leiteiro respeitando a célula de origem da fazenda.

Vivência com Animais

Ordenha: acompanhamento do processo de ordenha mecânica; compreensão do processo de elaboração do alimento da vaca; visita aos bezerros; galinhas (frangos) e visita ao chiqueiro (matrizes e porquinhos).

Processo de Fabricação de Queijos

Proposta geral: Oficina realizada a fim de promover a interação com o processo de fabricação de produtos lácteos. Compreensão da cultura láctea do queijo a partir da utilização do iogurte natural. Coalho de origem animal (5 ml para 10 litros de leite). 25 gramas de sal para 10 litros de leite. Observação do ponto de corte da coalhada; Processo de corte da massa em cortes menores, mexedura, mistura do sal e realiza-se o processo de enformagem do queijo frescal, viragem dentro da forma. Massa de mussarela (apreensão do processo de filagem da massa que dá origem ao queijo palito, provolone e nozinho). Apreensão do processo de produção do creme de leite para fabricação da manteiga.

Objetivo: Fabricação de Queijo Branco; Apreensão do processo de filagem da massa de mussarela; Fabricação da Manteiga.

Processo de Fabricação de Pães (fermentação natural)

Proposta geral: Breve história do pão de fermentação natural, desde sua origem há cerca de 5 mil anos no Egito (embora a mistura de farinha e água formando uma massa sem fermento exista há 10 mil anos).

Etapas: Mistura dos ingredientes básicos e porcentagens necessárias de cada um deles: farinha, água, fermento natural e sal; Técnicas de sova e dobras da massa; Aprendizado rápido sobre tempos de descanso, 1ª e 2ª fermentação, tipos e qualidade da farinha; Bolear (dar formato) a massa e dicas de como assar corretamente.

Eco técnicas construtivas (Taipa de Mão; Taipa de Pilão e Adobe)

Proposta Geral: Difundir por meio da experiência de restauro da Fazenda, conceitos ligados a eco técnica construtiva a partir da Taipa de Mão, Taipa de Pilão e Adobe; apresentar a partir de conceitos históricos, técnicos e culturais e a importância de tais técnicas, e sua incidência inevitável com a preservação do patrimônio nacional construído durante os séculos XVIII e XIX. Os usos e benefícios de técnicas vernaculares para o meio ambiente, uma vez que estas não produzem resíduos prejudiciais à natureza.

Etapas: Elaboração da Massa, mistura de areia, cal, água e terra; Teste de sedimentação da terra e consistência para elaboração da massa; Construção de Tijolos de Adobe; Preenchimento da Trama (Construção de uma Parede de Taipa) e Construção de uma parede (bloco) de taipa de pilão.

OFICINAS EXTRAS

Realizadas sem custo adicional, mediante a organização do cronograma:

Fabricação de Linguiça (Sugestão de realização – Parte da Manhã – Pode ser frita pela equipe de cozinha para o almoço).

Aquarela Orgânica: Produção de tintas a partir de pigmentos naturais disponíveis na Fazenda (colhidos em nossa horta orgânica – Beterraba, Hortelã etc.). Terra e flores da Fazenda. Etapas:  mistura com água fria e/ou aquecida com cola branca. Realização de uma aquarela em conjunto (papel de metro da fachada da tulha).

REFEIÇÕES:

Café da Manhã na Fazenda: Típico café da Fazenda (realizado principalmente a partir do leite produzido na fazenda – tipo A, obtido a partir do gado que é integralmente da raça holandesa). Inclui: bolos, pães, iogurtes, geleia, leite, café, sucos, amanteigados, queijos, manteiga, requeijão, etc.

Almoço: Típico da Fazenda – arroz, carne ou frango, saladas (colhidas de nossa horta orgânica), legumes e sucos.

Café da Tarde: Roda de conversa sobre a vivência na Fazenda e degustação dos produtos que foram produzidos na parte da manhã.